Curso de Especialização em Ética, Valores e Cidadania na Escola

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Vídeo-Aula 8 - A Construção Psicológica dos Valores

Educação e Valores
Honestidade
Fundação para uma Vida Melhor
http://www.umavidamelhor.org.br

"Pau que nasce torto,  morre torto?"


Se estivermos falando de seres humanos a resposta é não!

         Os valores são constituídos no processo de desenvolvimento da personalidade/ identidade. A qualquer momento podem ser modificados por motivações diversas, desta forma é importante que a escola os trabalhe intencionalmente, através de estratégias que favoreçam boas escolhas.

             Mas como se dá este processo?
      Segundo o Prof. Ulisses Araújo, citando Piaget: “os valores referem-se a trocas afetivas que o sujeito realiza com o exterior. Surgem da projeção de sentimentos positivos sobre objetos, e/ou pessoas, e/ou relações, e/ou sobre si mesmo”

            Assim, os valores estão relacionados ao que se gosta e depende do próprio sujeito, visto que é inerente a ele mesmo e à sua ação. São construídos durante toda a vida, do nascer ao morrer.

        “Dependendo dos valores com os quais o sujeito construiu a sua identidade e de seu ‘posicionamento’ central ou periférico, aparecerão os sentimentos morais.
         Sentimentos morais como a vergonha e a culpa, exercem o papel de regular as relações intra e interpessoais e são experienciados quando o sujeito age contra os valores que são centrais em sua identidade.”
           Deste modo, o papel da escola seria o de trazer para o central os valores considerados de maior importância através de um trabalho intencional e dinâmico, mas para isso a mesma deveria ser totalmente reconfigurada, visto que sua linguagem geralmente não atende a esta necessidade. Como concorrer com a mídia, com a tecnologia, ou com as leis de um capitalismo selvagem?
         Para tanto a escola necessita priorizar projetos relevantes,  que tratem de honestidade, justiça, etc., deixando de lado temas e/ou projetos fúteis, banais ou sem relevância.
            Há necessidade de,  junto com a família e com a sociedade definir quais os valores considerados essenciais para serem trabalhados na construção da identidade, evitando que, como tem ocorrido nos dias atuais, cada um construa seus próprios valores, sem orientação. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fish